Colégio Santa Maria inova ensino interdisciplinar

Através de cartas, cartões postais e e-mails, alunos do Santa Maria, de São Paulo, comunicam-se com outros alunos de escolas públicas e particulares de cidades de vários estados, como Manaus, Maranhão, Bahia, Alagoas e Paraná. Compartilham informações sobre as suas regiões – costumes, músicas, jogos, pontos turísticos, datas festivas, folclore e trocam jornais da cidade, encartes turísticos, fotos, gravações de músicas em fitas cassetes, vídeos e, devido à falta de recursos de algumas escolas, até cartões telefônicos usados com estampa regional. Todo material é utilizado como fonte de pesquisa e serve de apoio para a produção escrita dos alunos do Santa Maria durante as atividade escolares.

Segundo coordenadores pedagógicos e professores, com o projeto, os alunos, tanto os do Santa Maria como os de outras escolas, no momento em que passaram a partilhar conhecimento e valores com crianças que vivenciam realidades diferentes das suas, percebem-se e atuam como agente de construção e transportação da história.

“O projeto aproximou os alunos de diferentes regiões e criou uma cumplicidade no cotidiano dos seus correspondentes. Eles vêem-se inseridos no processo de formação do povo brasileiro, como cidadãos que valorizam o seu país e lutam para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária “, explica Tiyomi Misuawa, coordenadora da 4ª série do Colégio Santa Maria.

Para se ter uma idéia dessa troca, vale registrar trechos de duas cartas de alunas de Manaus destinadas a estudantes do Santa Maria: “Este texto eu tirei do assunto de geografia que a professora passou no caderno. O transporte daqui do Amazonas é o rodoviário, marítimo e fluvial.” “Se São Paulo for como mostra o cartão postal deve ser enorme…” (Fonte: Accesso)

COMO CITAR ESTE CONTEÚDO:
SANTOS, T. H. Colégio Santa Maria inova ensino interdisciplinar. EducaBrasil. São Paulo: Midiamix Editora, 2001. Disponível em <https://educabrasil.com.br/colegio-santa-maria-inova-ensino-interdisciplinar/>. Acesso em 23 fev. 2024.

Comente sobre este conteúdo: