Informática na educação especial

Muito se tem falado a respeito do uso do computador na sala de aula. Na falta de consensos, o uso desta nova tecnologia nas escolas constitui-se um verdadeiro laboratório, onde desenvolvem-se experiências e observam-se reações e resultados. É nesse sentido que o livro Aprendendo para a vida: os computadores na sala de aula cumpre um duplo papel, orientando para a reflexão acerca das novas tecnologias e sobre as experiências práticas. Editada pela Cortez Editora, a obra apresenta um ingrediente a considerar: seu foco é a utilização do computador por alunos com necessidades especiais.

Aprendendo para a vida apresenta 21 artigos de autoria de professores, médicos, psicólogos e pesquisadores que atuam direta ou indiretamente com a educação especial. Os textos estão divididos em três partes, conforme critérios utilizados pelos organizadores da obra Fernanda Maria Pereira e José Armando Valente. Todas as abordagens partem do pressuposto que o computador é uma ferramenta de ensino-aprendizagem que pode desencadear transformações no modo de se conceber e intervir no processo educacional.

“Fundamentos teórico-metodológicos”, primeira parte, propõe colocar em debate alguns princípios teóricos que orientam o “desenvolvimento de uma abordagem sobre a utilização na educação especial”. Na segunda parte, dedicada à “Relatos de Experiências”, os organizadores da obra reúnem “exemplos de atividades de sala de aula objetivando a integração do computador aos conteúdos disciplinares por meio de projetos pedagógicos”. A terceira parte, “Flagrantes”, traz fotografias que ilustram o processo educacional em sala de aula e a realização de alguns projetos pedagógicos na AACD.

Os artigos orientados para a reflexão teórica tratam, basicamente, de temas como mudança educacional, formação de professores, gestão na escola, projeto pedagógico e avaliação lingüístico-cognitiva. Entre as referências de atividades práticas, destacam-se as experiências realizadas pelos profissionais da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) e do NIED (Núcleo de Informática Aplicada à Educação – Unicamp) na implantação da informática na escola da entidade, onde o acesso à nova tecnologia é realidade. “Este livro tem como objetivo atingir e motivar professores e pedagogos de todo o Brasil”, esclarece Ivan Ferraretto, diretor científico da AACD.


Livro: Aprendendo para a vida: os computadores na sala de aula
Autor(es): Fernanda Maria Pereira e José Armando Valente (Orgs)
Editora: Cortez
Páginas: 240
COMO CITAR ESTE CONTEÚDO:
MENEZES, E. T. Informática na educação especial. EducaBrasil. São Paulo: Midiamix Editora, 2001. Disponível em <https://educabrasil.com.br/informatica-na-educacao-especial/>. Acesso em 23 fev. 2024.

Comente sobre este conteúdo: