tecnologia educacional

De forma geral, pode ser entendida como toda a ação educativa convertida em uma técnica apoiada em uma ciência. No entanto, diante do impacto das chamadas “novas tecnologias”, a expressão tecnologia educacional tem sido mais utilizada com referência às ferramentas tecnológicas que podem ser empregadas no dia-a-dia do professor, no intuito de incrementar o processo de ensino.

O uso da palavra tecnologia, apesar do termo referir-se a tudo aquilo que o ser humano inventou (tanto em termos de artefatos como de métodos e técnicas), está ligado, nesse caso, ao conjunto de invenções eletro-eletrônicas que a partir do século passado começaram a afetar a vida humana de forma quase revolucionária: telégrafo, telefone, fotografia, cinema, rádio, televisão, vídeo e computador .

Dessa forma, a tecnologia educacional moderna engloba um forte componente de conhecimento científico – mas inclui também importante parcela de conhecimentos práticos, muitos dos quais só podem ser adquiridos através do próprio exercício da atividade a que se aplica. Essa tecnologia, portanto, não engloba apenas as máquinas que distribuem as mensagens, mas também a organização e as pessoas que a fazem funcionar.

Entre as modalidades apresentadas atualmente que usam a tecnologia educacional, pode-se destacar como principais categorias, as que se aplicam em apoio à educação presencial, à educação a distância e à auto-aprendizagem. O satélite, o cabo, o telefone, as redes de computadores e a Internet, que podem distribuir sons, imagens e textos de um ponto para outro, são consideradas, neste contexto, tecnologias educacionais por suportar diferentes graus de diálogos entre professores e estudantes e entre os estudantes.

COMO CITAR ESTE CONTEÚDO:
MENEZES, E. T; SANTOS, T. H. Verbete tecnologia educacional. Dicionário Interativo da Educação Brasileira - EducaBrasil. São Paulo: Midiamix Editora, 2001. Disponível em <https://educabrasil.com.br/tecnologia-educacional/>. Acesso em 24 jun. 2024.

Comente sobre este conteúdo: